E QUANDO TUDO DÁ ERRADO, O QUE FAZER?

Há fases na vida que, simplesmente, queremos esquecer. Mas, por mais que tenhamos passado por momentos difíceis, de nada nos valeu se, simplesmente, os esquecemos.

 

Sem querer ser piegas, mas já sendo, é preciso recomeçar. Afinal, tudo, sempre, vale a pena! É claro que, antes, como ninguém é de ferro, vale extravasar. Eu já experimentei algumas técnicas. Aí vão elas:

 

Procurar um lugar bem calmo e gritar, gritar, gritar... Já fiz e recomendo. A sensação é de um alívio imediato. Mas tem de ser com vontade, muita vontade, solta, sem se preocupar com nada nem ninguém.

 

Andar descalço na grama, batendo bem os pés no chão, descarregue a energia negativa, respire fundo e sinta uma sensação boa que entra por todos os seus poros...

 

Se estiver na praia, andar descalço na areia e deixar a água bater nos pés. Procure não pensar em nada, tente esvaziar a mente e curta aquela sensação... É de lavar a alma.

 

Colocar uma música que você gosta e deixar o esqueleto se mexer, deixe os acordes entrarem pelas suas veias, dance, pule e se contagie. A música é uma ótima terapia.

 

Deliciar-se com sua comida predileta, um bom vinho em uma companhia agradável. Dá para ultrapassar qualquer pendenga que haja, não?

 

E aí você me pergunta: "Ok, tudo muito bonito e depois?". Ah, depois...

 

Com a alma e o corpo mais calmo, dá para raciocinar melhor. Não tem jeito, é preciso enfrentar os fatos. Uma dica boa é não se fazer de vítima, ficar chorando as pitangas não vai resolver nada. Então, vamos tirar a bunda da cadeira, olhar bem fundo no espelho e dizer:

 

E aí, vai encarar? Claro que vai. A vida é um presente maravilhoso, e cada segundo que perdemos com lamúrias só serve para se acumular no passado da nossa história. O tempo corre veloz para aqueles que só reclamam da vida.

 

Então, procure fazer o que você mais gosta, sorria para a vida e ela te abraçará. A vida é muito simples, você tem duas escolhas:

 

Viver seu tempo com alegria, com vontade de viver e ter controle do tempo que reservará para chorar e ficar triste, se algum fato extremamente forte passar pelo seu caminho, porque ninguém é de ferro... ou

 

Viver seu tempo na tristeza, só reclamando da vida. Fazendo da tristeza seu lema e deixando-a controlar o rumo do seu tempo.

 

E aí, qual vai ser sua escolha?

 

Está pronto para encarar a vida? Então sorria, ela sempre esteve pronta para recebê-lo.

Copyright © 2010 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro